Tratamento para as lesões de HPV


O tratamento só se aplica no caso da infecção ter provocado algum tipo de lesão. Em alguns tipos de lesão, adota-se a conduta expectante, isto é, controla sem instituir qualquer tipo de tratamento. Isto porque a infecção pelo HPV é dependente da resposta do nosso sistema imunológico, se tivermos boa imunidade, não fumarmos, dormir bem, ter boa alimentação e qualidade de vida, a doença vai embora sem deixar sequelas. Esta conduta pode ser adotada por um período que chega a 2 anos.


Os tratamentos podem ser por destruição química ou física, ou excisão (retirada) ou medicamentos imunoestimuladores.


Os agentes químicos são o ácido tricloroacético a 70-80%, 5-Fluorouracil, podofilina, podofilotoxina. Os destrutivos físicos, são a criocoagulação, eletrocoagulação e a laserterapia. Os excisionais, são a cirurgia com bisturi frio, cirurgia por alta frequência e a laserterapia excisional. Os tratamentos imunomoduladores são com o uso do imiquimod. Para cada tipo de lesão, há um tipo de tratamento específico. QUEM DEFINIRÁ QUAL SERÁ, É O SEU GINECOLOGISTA.